Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Perspectivas & Olhares na planície

Perspectivas & Olhares na planície

17.07.16

Campeões Europeus de Futebol recebidos no Palácio de Belém: Melhor Momento

/i.
O nosso querido Ferro Rodrigues apresentou a candidatura para ser o caganer da época natalícia de 2016.O nosso querido facilitou o trabalho aos artesãos desta figura tradicional do presépio da Catalunha. É só copiar pela fotografia:Campeões Europeus de Futebol recebidos no Palácio de Belém © 2016 Presidência da República PortuguesaFonte: presidencia.pt Se os (...)
19.11.15

É Presidente da República de Portugal ou da Aldeia da Terra?

/i.
O Governo de Passos Coelho e Paulo Portas caiu e o pensionista Presidente da República não tem pressa em apresentar a sua decisão: ou dá posse a António Costa ou vai dar luz verde a um Governo de gestão que irá fazer de conta que governa até à ressurreição de Jesus Cristo. Não há ninguém da sua equipa presidencial, o impoluto Dias Loureiro, por exemplo, que lembre ao Cavaco Silva que não é Presidente da República da Aldeia da Terra  (...)
15.10.15

P&O Curtas (7)

/i.
Face aos casos dúbios e irregularidades tipicas de um país de terceiro de mundo que ocorreram nestas eleições legislativas (aqui e aqui), não seria preferível solicitar uma delegação de observadores à ONU para vigiar as próximas (...)
01.10.15

Eleições Legislativas 2015: dúvida ou falsa questão?

/i.
Ouvi num órgão de comunicação social a lançar a interrogação alarmista de quem irá formar governo se um partido com mais votos ou um partido com mais deputados eleitos?   Segundo a Constituição da República Portuguesa o sufrágio direto, secreto e periódico constitui a regra geral de designação dos titulares dos órgãos electivos da soberania, das regiões autónomas e do poder local (n.1, do art.º 113.º), sendo os órgãos de soberania o Presidente da República, a (...)
13.03.14

Atenção Pensionista Presidente da República Cavaco Silva é para si…

/i.
  Pensionista Presidente da República Cavaco Silva leia este conto:   “Um grande guerreiro japonês, Nobunaga, decidiu atacar o inimigo, muito embora tivesse apenas um décimo das forças que o seu opositor comandava. No caminho parou junto a um santuário xintó e disse aos seus homens: ­- Depois de visitar o santuário, lançarei ao ar uma moeda. Se sair cara, venceremos; se sair coroa, seremos derrotados. Estamos nas mãos do destino. Nobunaga entrou no santuário e recolheu-se em (...)