11 de Janeiro de 2018

Segundo a notícia do Correio Alentejo: PCP: João Dias vai substituir João Ramos no Parlamento.

Que pena o Parlamento vai perder o deputado sósia do António Variações . Recorde aqui o post: Estilo de barba e bigode à António Variações na Assembleia da República!

publicado por /i. às 15:10
28 de Março de 2017

Nilza de Sena tece críticas ao PS depois dos socialistas terem votado contra dois projectos de resolução sobre as acessibilidades no Baixo Alentejo.

publicado por /i. às 13:02
17 de Março de 2016

Conterrâneo João Ramos convido-o a mudar de visual. Já alguém lhe disse que com essa barba e bigode farfalhudos está muito parecido com o António Variações? Ou Será que ele desceu à terra e mudou de profissão?

Ora reparem: o deputado João Ramos está...

João Ramos parecido com António Variações

 

... ou não está parecido com o António Variações?

Tenho ou não tenho razão?

João Ramos parecido com António Variações

 

 

 

 

 

publicado por /i. às 16:11
14 de Março de 2016

Rescaldo: Sessão Solene da Tomada de Posse do Mar

Os deputados do Bloco de Esquerda e da CDU-PEV não aplaudiram de pé o discurso de posse de Marcelo Rebelo de Sousa na sua investidura como Presidente da República de Portugal porque uns tinham o fecho éclair estragado e outros devem ter raízes alentejanas, tal como o Henrique Raposo retrata no seu livro de pensamentos “rapidinhos e banais”, são pessoas desconfiadas - principalmente da fartura -, e não gostam de conviver com ninguém, assim ficaram sentadinhos e quietinhos “esperando” que terminasse a sessão solene para se irem embrenhar nas suas casas e viverem não isolamento.

publicado por /i. às 16:15
03 de Março de 2016

.... no Parlamento da Madeira já andam em cuecas, qual será a próxima instituição que terá o privilégio de  ter alguém em "trajes menores"?

 

 

publicado por /i. às 15:33
09 de Dezembro de 2015

PS quer repor viagens grátis de comboio para ferroviários e familiares.

 

publicado por /i. às 19:27
22 de Outubro de 2015

É ignominioso o Paulo Portas  apoderar-se das opiniões, das sensações dos cidadãos portugueses quando disse na entrevista à TVI: "as pessoas não gostam do que está a acontecer." Ora, ora com aquele ar fingido de estadista baseia-se no quê para tirar ilações do que é que os portugueses pensam desta situação em que não há governo à vista?

Ai Catilina, Catilina...

publicado por /i. às 12:02
01 de Outubro de 2015

Ouvi num órgão de comunicação social a lançar a interrogação alarmista de quem irá formar governo se um partido com mais votos ou um partido com mais deputados eleitos?

 

Segundo a Constituição da República Portuguesa o sufrágio direto, secreto e periódico constitui a regra geral de designação dos titulares dos órgãos electivos da soberania, das regiões autónomas e do poder local (n.1, do art.º 113.º), sendo os órgãos de soberania o Presidente da República, a Assembleia da República, o Governo e os Tribunais (n.1, do art.º 110.º).

Em súmula, o partido ou coligação que obtiver maior votação deve formar Governo.

Apesar de haver quem tenha opinião diferente, eu considero que é uma falsa questão e serve para que o esquecido Cavaco Silva, o Presidente da República que infelizmente continua em funções, apareça uns minutos nos serviços noticiosos e proporcionar-lhe uns momentos de relevância que claramente não goza para nenhum cidadão português continental ou insular.

 

publicado por /i. às 11:44
19 de Janeiro de 2015

René Magritte

René Magritte, A Arte de Viver, 1967

 

A comissão de inquérito no nosso Parlamento ao Caso BES tem-se revelado muito proveitosa para a confirmação da versúcia de todos os intervenientes na bolha que é ou era o Banco Espirito Santo.

 

A versúcia é a arte de viver que mais emerge a cada capítulo nos jornais e reportagens televisivas sobre a bolha BES; e o que dizer das historietas na comissão de inquérito no nosso Parlamento? Cada um escolherá a sua “arte de viver” e a que se adapte mais ao nosso caráter de pessoa tendencialmente benfeitora ou malfeitora, no entanto, não queiram fazer e transformar os cidadãos portugueses em seres estultos.

È burlesca a manha – a tal versúcia - do passa-culpas entre o Ricardo Salgado e o Contabilista Machado da Cruz e o comportamento deste Contabilista faz lembrar o Sr. José na obra Todos os Nomes de José Saramago: “(…) Acudam que é ladrão, dura palavra que o Sr. José não merece, quando muito falsificador, mas isto só nós é que sabemos.”

 

Tal como é burlesca a astucia – a tal versúcia – de todos aqueles que foram até ao momento chamados a responder às perguntas dos deputados que participam na comissão de inquérito ao Caso BES. Ora solicita-se significado e repostam baralhando intencionalmente o significado com o sentido; é um estratagema escolhido em conformidade com a arte de viver de cada um dos indagados, no entanto, é facilmente desfeito: “(…) Ao contrário do que em geral se crê, sentido e significado nunca foram a mesma coisa, o significado fica-se logo por aí, é directo, literal, explícito, fechado em si mesmo, unívoco, por assim dizer, ao passo que o sentido não é capaz de permanecer quieto, fervilha de sentidos segundos, terceiros e quartos, de direcções irradiantes que se vão dividindo e subdividindo em ramos e ramilhos, até se perderam de vista, o sentido de cada palavra parece-se com uma estrela quando se põe a projectar marés vivas pelo espaço fora, ventos cósmicos, perturbações magnéticas, aflições.” Mais uma vez, palavras de José Saramago transcritas da sua obra Todos os Nomes e infelizmente, é a isto que se tem assistido: aos diversos sentidos de respostas.

Com o fim da comissão de inquérito a árvore terá toda a rama e folhas, sem frutos porque apodreceram, porém a dona inercia dará lugar à dona versúcia e será mais uma árvore a se juntar a todas as outras na floresta da impunidade, do esquecimento, do enriquecimento ilícito e das fraudes lesa pátria.

 

Isabel

publicado por /i. às 12:16
19 de Maio de 2010

 

"- Meu caro Hiram - exclamou Mrs Otis. - Que se há-de fazer a uma mulher que desmaia?

 - Desconta-se do ordenado o desmaio como se fosse louça partida - respondeu o Ministro. - Depois disso não volta a repeti-lo" *

 

 

Dias antes de acusar o ministro Jorge Lacão de negar a realidade da crise como o ministro da Propaganda de Saddam Hussein negou a derrota na guerra, Miguel Frasquilho, o rosto da bancada do PSD para as questões financeiras, assinou um relatório em que elogia a consolidação das contas públicas do Governo de José Sócrates e diz que a queda do rating da dívida portuguesa não reflecte o estado da economia. vale pena ler as suas justificações (Diário de Notícias)

 

O que se há-de fazer a um deputado que apresenta visíveis perturbações de dupla personalidade?

1- diminuição do salário a 70% (durante 6 meses);

2- substituição definitiva do deputado;

3- instauração de um processo disciplinar (não deve existir lá para os lado da AR esta sanção, mas fica a sugestão) com  umas idas ao consultório da colega do Bloco de Esquerda, Joana Amaral Dias, tratar desse problemazinho: a dupla personalidade.

 

Qual seria a justa punição?

 

E ainda na AR, leiam esta notícia: Cem mil euros em terceiros computadores para deputados  (Público)

 

Enfim, comentários para quê???

 

 


* Oscar Wilde, O Fantasma dos Canterville - um romance hilo-idealista

 

publicado por /i. às 20:48
P&O na planície
Neste blogue poderá encontrar perspectivas e olhares de todos os temas que pululam na nossa sociedade e na nossa vida quotidiana, em particular. Uma Certeza, tudo poderá ser passível de ser perspectivado e olhado e levar a chancela no Perspectivas & Olhares na planície, basta Acontecer, Existir.... (...)

Ler Apresentação
últ. comentários
@ Sara os livros eram novos. Livros de escritores ...
Eram livros novos? Esses não podem ter muito desco...
@Malik tem toda a razão! Obrigada pela visita.
É triste... tanto milhão para os accionistas a sai...
Boa tarde, se reparou nos tags foi um post irónico...
Aparentemente de futebol percebes 0, caso contrari...
pesquisar neste blog
 
arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D

2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

facebook
Localização
Baixo Alentejo
Contacto
Email
blogs SAPO