Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Perspectivas & Olhares na planície

Perspectivas & Olhares na planície

24.04.18

O encerramento do Posto da GNR em V. V. de Ficalho, parece que é desta!!!

/i.
Em 2007 falava-se e vinha espelhada esta intenção numa notícia do Correio Alentejo: "Dezasseis postos territoriais da GNR do distrito de Beja poderão encerrar no seguimento da reforma das autoridades policiais que o Governo está a preparar. Entre esses 16 postos está o de Barrancos, a única sede de concelho afectada pela medida. O mesmo deverá suceder em localidades como Beringel, Colos, Ervidel, Garvão, Pias e Vila Verde de (...)
17.04.18

Barrancos: O António Costa foi a dormir ou com os olhos nas péssimas estradas do Baixo Alentejo?

/i.
“Primeiro-ministro em Barrancos foi sinal positivo” O presidente da Federação do Baixo Alentejo do PS, e deputado eleito por Beja, Pedro do Carmo, considera, em nota de imprensa, que a presença do primeiro-ministro, António Costa, na ExpoBarrancos-Feira do Presunto e dos Enchidos constituiu uma iniciativa de grande sentido político (ler tudo em Voz da Planície)
27.02.18

Automotora eléctrica até Beja: Orçamento Participativo Portugal

/i.
O Orçamento Participativo Portugal está dotado de 5 cinco milhões para investir em "projetos que devem ser implementados em diferentes áreas de governação". Uma pergunta: será que não se podia candidatar o projecto de electrificação da linha ferroviária de Casa Branca até Beja? Uma vez que, segundo a informação disponibilizada: "As propostas ao OPP são ideias concretas para investimentos em qualquer área da (...)
21.10.17

Constança caiu e Costa ficou...

/i.
"(...) _ Não acha que os eucaliptos são árvores perigosas? (...)" Caminho como uma casa em chamas, António Lobo Antunes   Quando tudo ardeu dramaticamente em Portugal por duas vezes: pessoas, animais, casas, florestas, culminou numa única baixa ministerial. O Primeiro-Ministro António Costa aquando da primeira tragédia, em Pedrogão Grande, repetiu várias vezes que uma tragédia com 65 pessoas ceifadas pelos incêndios florestais não poderia voltar a acontecer com esta (...)
09.06.17

Alegadamente, a CM de Serpa pouco vai beneficiar...

/i.
... A GNR multa os cidadãos que estacionam o seu carro em tudo o que é sítio, e por sua vez os visados apresentam o atestado de pobreza nos serviços da CM de Serpa para que, alegadamente, proceda ao seu pagamento. Assim, esta notícia não terá grande impacto nas receitas para o Município de Serpa, simplesmente será ressarcida dos pagamentos feitos!   Ali (...)