Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Perspectivas & Olhares na planície

Perspectivas & Olhares na planície

Óóóóó já não vai haver Fura-Casamentos!!

Ministério das Finanças cancela operação do Fisco a festas de casamento

 

1 - Já agora uma notinha curtinha: qual a razão para o Ministério do Ronaldo das Finanças não mandar o Fisco aos jantares-comício destas eleições europeias "só de nome" para fiscalizar se se emitiam fatura aos seus convivas convidados ou aos convivas obrigados a ir para a sala de refeições estar apinhada de mãos para se fazer ouvir os aplausos e urros tão necessários neste tipo de eventos (e também parece mal aparecer na televisão um jantar-comício com as cadeiras ocupadas pelo vazio!)

 

2 - Outra notinha curtinha: Será que alguns dos elementos masculinos escalados para se comportarem como fura-casamentos teriam as carinhas larocas parecidas com as dos actores Owen Wilson e Vince Vaughn:

Fonte: Fnac

2 comentários

  • Imagem de perfil

    /i. 02.06.2019

    Olá, Sarin!
    Efectivamente há um mundo paralelo que é preciso combater. Até porque ninguém quer pagar impostos. Se quem tem mais rendimentos ou património imobiliário paga pouco. vemos o que se passa com o imi dos que têm vivendas enormes que como estão nas sociedades não pagam. E depois tens uma moradia media pagas um Balurdio de imi. O português já gosta pouco de pagar impostos, depois vendo essas situações. Não é só nos casamentos que movimentam milhares de euros, em muitos casos. Também nos certames, feiras temáticas sobre tudo, festas de aniversário, como referi nos almoços, jantares das campanhas eleitorais. Solução: passaria por diminuir o Iva. Quanto mais elevado é, mais há economia paralela. Há diversos estudos. Em tanta coisa. Quem tem um bom advogado tem tudo, enganam, roubam e ainda temos de pedir desculpas.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.