Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Perspectivas & Olhares na planície

Perspectivas & Olhares na planície

A lista dos dispensados da Segurança Social e a mulher do deputado

Joana Vasconcelos, Sapato Carmen Miranda 2008

 

A lista de requalificação do Instituto da Segurança Social é alérgica a mulheres casadas com maridos pertencentes à actual classe política portuguesa. Para isso o que é que estes impolutos profissionais de nomeações políticas – vulgo tachos – se lembraram: presentear um título de presidente honorária à dita senhora como antídoto. Não vá a mulher do deputado ter uma crise alérgica; às rosas sabemos que não tem, desta vez aos espinhos já sabemos que tem, não teve tempo de os deglutir e assim, recebeu muitas picadelas e mais virão, seguramente.

 

António Lobo Antunes escreveu certa vez: “(…) o título de presidente honorário que como todos os títulos é igual a título nenhum…” in, O Manual dos Inquisidores

 

É bem verdade, no entanto, não há regra sem excepção: o título que “é igual a título nenhum” serve para manter a mulher do deputado fora da lista de requalificação em virtude da extinção da sua função nos quadros do Instituto da Segurança Social e ser nomeada para um cargo de chefia à custa do tal título de presidente honorária.

 

Boa sorte com muitas rosas e com muitos espinhos, certamente irá antecipar-se e fazer valer-se do diploma honoris causa – que em tempos deve ter sido agraciada –, de como engolir os espinhos sem ter um desarranjo intestinal.

 

 

 

N.B. Será que a talentosa Joana Vasconcelos aceita encomendas de sapatos com tachos Silampos à escala bibelot ou no extremo em tamanho passível de ser calçado tanto por senhoras e senhores? A razão desta pergunta insere-se no facto de ter uma lista de extensa com personagens para as quais gostaria de ofertar este sapato criativo e esta peça de arte é a cara destas figuras da nossa sociedade que vivem dos tachos e tachinhos não da Silampos, mas dos partidos políticos. Para ser honesta, a lista é extensíssima que dava para forrar o piso da Ponte Vasco da Gama duas vezes…

Se a talentosa Joana Vasconcelos não aceita encomendas deste cariz, era caso para ela pensar melhor, pois este nicho de mercado teria um sucesso de vendas estrondoso, a avaliar o número de personagens que pululam com o selo de tacho colado na testa.

 

 Isabel

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.