06 de Abril de 2010

O Jornal Correio da Manhã  noticiou o insólito que ocorreu ontem (5 de Abril de 2010) na procissão solene das festas de Serpa:

Padre atacado na procissão

O padre de Serpa esteve ontem à beira de ser sovado por algumas das centenas de pessoas que participavam na procissão em honra de Nossa Senhora de Guadalupe. A revolta dos fiéis iniciou-se quando se aperceberam que faltava a imagem de Nossa Senhora da Conceição. A ira só não acabou em tragédia devido à intervenção da GNR. Mas ainda levou os populares a empurrar e a ameaçar o padre dentro da igreja, para poderem resgatar a santa.

"As pessoas ficaram revoltadas com a atitude do padre, quando fechou a santa na igreja para levar apenas a de Nossa Senhora da Guadalupe", disse um dos populares.

Apesar da resistência do padre, José Alberto Pereira, que está na paróquia de Serpa há um ano, o povo conseguiu levar Nossa Senhora da Conceição a percorrer as ruas da cidade alentejana, mas sem recurso ao andor.

"Foi levada em braços. Para nós não foi nenhum sacrifício, mas o cumprir da tradição", frisou uma crente, que confidenciou a existência de uma má relação entre os fiéis e o pároco. Do início ao fim do cortejo, foram muitas as injúrias e vaias dirigidas ao padre. Um clima de tensão que obrigou os militares da GNR a garantir a segurança durante a procissão e em redor da igreja. "Não foi apresentada nenhuma queixa", garantiu o major Candeias, da GNR de Beja.

O CM contactou o padre José Alberto, que, através de uma amiga, informou que não prestava declarações por estar a descansar.

Alexandre M. Silva

 

 

Fontes: notícia - correio da manhã

             Vídeo: autor - João Espinho (Blog Praça da República)  

Este ano nas Festas do Concelho de Serpa em Honra N. Sª de Guadalupe avolumou-se o atrito  entre o Padre José Alberto e a população.

É sempre de lamentar estes acontecimentos, melhorar a organização das celebrações religiosas, mas não alterar/suprir actos que estão enraizados pela tradição religiosa no Concelho de Serpa.

Quem vem de novo deve respeitar e adaptar-se às especificidades do local, porém quando os ânimos ficam exaltados, não se deve também injuriar de forma gratuita, sob pena de se vir a perder a razão.

 

Adenda

 

O Bispo de Beja, D. Vitalino Dantas prestou declarações ao Correio da Manhã sobre os incidentes ocorridos na procissão solene das festas de Serpa, referindo que: "os cristãos praticantes estavam bem esclarecidos e sabiam o que se passava [padre José Alberto Pereira queria levar à procissão a imagem do Sagrado Coração de Jesus em vez da Nossa Senhora da Conceição]. As pessoas que não são praticantes, que só vão à festa e estão à espera que se faça sempre igual, é que se portaram mal." E quando questionado sobre se teme problemas na relação futura entre o pároco e a população, D. Vitalino Dantas diz não esperar problemas e "quem mais protestou são pessoas que não praticam e que vão apenas à festa. Não são aquelas que fazem parte da comunidade normal, embora o padre tenha de trabalhar com todas."

Ler a notícia aqui

publicado por /i. às 12:29
O padre avisou nas igrejas a sua intenção. A procissão não tinha a imagem de Nosso Senhor Jesus Cristo e tinha duas imagens de Nossa Senhora. Ainda por cima tinha dificuldades em arranjar pessoas para levar os andores.
Então substitui a imagem de Nossa Senhora pela Imagem do Sagrado Coração de Jesus. Perfeitamente correcto e verdadeiro, com a doutrina de Deus. O povo assíduo à Santa missa estava informado. É lamentavel que misturem o religioso com o profrano e até o profano apague o religioso. "Não ofendam mais a Nosso Senhor que já está muito ofendido". A ignorância de um povo faz da fé um espectáculo...
José Santos a 6 de Abril de 2010 às 21:35
dificuldade em arranjar pessoa para levar os andores??? deve ser anedota!!!
Anónimo a 6 de Abril de 2010 às 23:31
o ano transacto estivemos muito tempo há espera de voluntários para pegar nos andores: os homens de serpa não aparecem para pegar nos andores.
José Santos a 7 de Abril de 2010 às 20:20
Perguntem à população de Barrancos e de Santo Aleixo da Restauração, se têm saudades do padre josé Alberto?
Um ano depois de ser recebido em festa pela população, já está a ser sovado? Coitado do homem, mandem-no de volta a Barrancos.
Anónimo a 6 de Abril de 2010 às 23:57
amigo anónimo ! o que o padre disse foi que as pessoas só iam à procissão para se mostrar e como voce sabe concerteza isso é bem verdade . então voce não Vê que vão falando em gritaria e de todos os assuntos . Inclusive os homens vão bebendo cerveja e fumando o seu cigarrinho durante a procissão. o que eu acho é que as pessoas é que estão a matar a religião e não o padre , porque as pessoas perderam o respeito pelas coisas de Deus . Esta é que é a verdade.
Anónimo a 13 de Abril de 2010 às 17:18
é este o padre que numa missa afirmou que as procissões "apenas servem para as mulheres mostrarem as roupas novas e os penteados"
Anónimo a 7 de Abril de 2010 às 21:48
o nome do bispo de beja é D. António Vitalino Dantas e não Canas!!!
Pedro a 7 de Abril de 2010 às 23:19
Em relação ao que aconteceu nas festas de Serpa em honra de nossa Senhora de Guadalupe tudo é culpa do padre José Alberto que em nada se parece com um padre, pois é uma pessoa prepotente, intransigente, nada aberto ao diálogo e que está cada vez mais a afastar os fieis da igreja e dos caminhos da religião. Serpa não quer este homem à frente da sua igreja ... Faça - nos um favor senhor padre deixe a população de Serpa em paz e demita--se ou então irá acabar a pregar os seus sermões sem ter ninguém para o ouvir.
P.S. a 10 de Abril de 2010 às 21:44
Pedro! gostava que me disse-se com o que é que parece um Padre1 pois a avaliar pela sua opinião acredito que o Senhor anda a confundir a ideia de Padre com a de fantoche ....
Anónimo a 13 de Abril de 2010 às 17:13
Pois é dá para reflectir, Senhor padre, veio corrido de Santo Aleixo, de Barrancos e agora o que está a fazer em Serpa ????? Nada , pois é...
Não entendo mas parece que o mal não é da população mas sim do Padre.
Deveria repensar senhor padre e deixar as suas funções de pároco de Serpa.
Ou será que a população de Serpa terá de se juntar e fazer uma recolha de assinaturas, para pô-lo fora .
A. S. a 10 de Abril de 2010 às 21:55
Amigo(a) A.S.
quem fala desta forma desconhesse a realidade dos factos . Pergunto por ventura estava em Sto Aleixo ou Barrancos quando correram de lá o Pe José Alberto? Certamente que não! porque O Pe José Alberto é que deixou de ir a Sto. Aleixo e tanto como pode inquirir em Barrancos sentem muito a falta dele.
O caso de Sto Aleixo não deveria de servir de exemplo para os habitantes de Serpa, mas já que tanto insiste fica na sua consciencia dar a entender que o Povo de Serpa é perfundamente deconhecedor das realidades religiosas.
espero que todos os que colocaram comentários neste Blog sejam praticantes activos , pois só assim, adquirem credebilidade estes comentários .

Jose Antonio a 13 de Abril de 2010 às 17:04
claro que falta sempre gente para levar os andores ! certamente queeste Senhor que diz ser anedota a falta de pessoas para levar os andores era um dos voluntários que não apareceu! isto dá vontade de chorar! faz lembrar aqueles que vão ao fotebol gritar contra os arbitros, mas que não sabem fazer melhor...
anónimo a 13 de Abril de 2010 às 17:10
Então quando é que a população de Serpa poderá ver os destinos da sua igreja entregues a outro pároco digno do nome e não a este " dito padre" ou como lhe queiram chamar ...
Deixe-me rir o povo de Barrancos com saudades deste homem ...
Deve ser piada...
Só pode!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Anónimo a 13 de Abril de 2010 às 21:43
Serpa pergunta-se :
Para quando um padre novo à frente da nossa igreja???????????
AD a 13 de Abril de 2010 às 21:47
Sou habitante de Barrancos e li os comentários anteriores e posso assegurar-lhe que ninguém sente saudades deste homem.
Coitados dos habitantes de Serpa...
B.A. a 13 de Abril de 2010 às 21:53
P&O na planície
Neste blogue poderá encontrar perspectivas e olhares de todos os temas que pululam na nossa sociedade e na nossa vida quotidiana, em particular. Uma Certeza, tudo poderá ser passível de ser perspectivado e olhado e levar a chancela no Perspectivas & Olhares na planície, basta Acontecer, Existir.... (...)

Ler Apresentação
últ. comentários
@ Sara os livros eram novos. Livros de escritores ...
Eram livros novos? Esses não podem ter muito desco...
@Malik tem toda a razão! Obrigada pela visita.
É triste... tanto milhão para os accionistas a sai...
Boa tarde, se reparou nos tags foi um post irónico...
Aparentemente de futebol percebes 0, caso contrari...
pesquisar neste blog
 
arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D

2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

facebook
Localização
Baixo Alentejo
Contacto
Email
blogs SAPO