Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Perspectivas & Olhares na planície

Perspectivas & Olhares na planície

Seg | 05.04.10

Festas da cidade de Serpa… “E salta Rocha e salta Rocha”, Olé! (com fotos)

/p.

Decorreram no passado fim-de-semana e creio que se estendem até terça-feira, as festas da antiga “vila branca” e agora “cidade” de Serpa…

Resolvi visitar as ditas festas no Domingo, já não cheguei a tempo do Cortejo Etnográfico, mas ainda pude assistir aos concertos… bem não tinha propriamente muito para escolher… apenas Toy actuava na Praça do Município.

 

Cruzei-me com vários jovens que comentavam irritados que aquele era a única estrela convidada e que até as aldeias circundantes tinham programas de festas mais diversificados e apelativos para os jovens.

 

Terminado o concerto dirigi-me para o recinto onde se poderia observar melhor o fogo-de-artifício e eis que me cruzo com um velhote, dos seus setenta anos, a falar entredentes, visivelmente cansado e cabisbaixo. Interpelei o velhote, Zé da Pipa, como era conhecido na terra, e este logo me contou que não ligava à “festarola”, vinha da farmácia de serviço pois os comprimidos para o coração tinham-se acabado e a farmácia estava fechada. Batera, tocara à campainha e nada…

 

Pobre velhote… contou-me que ainda não se tinha recuperado da conta da ambulância que lhe chegara a casa na outra semana… mais de trinta euros. Cortara-se e dirigira-se à urgência do hospital mas (vá-se lá saber porquê) de Serpa encaminharam-no para Beja. Chamaram uma ambulância…simpáticos… mas depois veio a continha e para a magra reforma… esta era enorme.

 

Lá lhe desejei melhoras e ainda não acreditando bem no que me tinha sido relatado… dirigi-me à farmácia de serviço… e não é que estava mesmo fechada!!! Tinha um número de telemóvel para ligar, mas só em caso de “urgente”(palavra esta bem sublinhada)… pobre ti Zé da Pipa, provavelmente nem tem telemóvel… provavelmente nem sabe ler.

     

 

Será esta a cidade que se pretende que seja um pólo atractivo para o turismo?

Acho que concordo com as “sábias” palavras de Toy, dirigidas ao presidente da Câmara João Rocha, no decorrer do concerto, “E salta Rocha, e salta Rocha”, Olé!!!