Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Perspectivas & Olhares na planície

Perspectivas & Olhares na planície

CM Serpa / PSO: seria mesmo necessário?

A Câmara Municipal de Serpa não sabe o que fazer ao dinheiro dos contribuintes. Vai daí resolve contratar a PSO. Vão voar 12.500 euros para serviços de comunicação e assessoria de imagem. Sendo assim, para quê ter um Gabinete de Informação, Comunicação e Imagem, se os técnicos superiores não estão suficientemente habilitados “para colocar a imagem do concelho com uma notoriedade elevada junto da opinião pública nacional e dos poderes políticos e económicos.”

A propósito, gostei muito da forma como foi noticiado aqui: “PSO conquista Câmara Municipal de Serpa”. A conquista custa 12.500 euros!!!!

 

 

 

Se os responsáveis pela Câmara Municipal de Serpa não sabiam onde desbaratar tal quantia – relembrando: 12.500 euros – eu, a CUSTO ZERO, dava três sugestões:

  • pintar de alto a baixo as paredes exteriores do Cineteatro e do Pavilhão Municipal dos Desportos Carlos Pinhão (e deixarem-se de “baixinhos”); 
  • lavar os contentores do lixo (o residente e o turista adoram esse odor pestilento);
  • lavar o pavimento da Praça da República (também se lava sabiam?).

 

Aperfeiçoando os detalhes, não seria preciso a contratação de serviços externos; o Gabinete de Informação, Comunicação e Imagem daria conta do recado, pois a melhor estratégia para aumentar a notoriedade e consequentemente, influenciar a opinião pública, continua, ainda a ser a publicidade mouth to mouth (boca a boca / o passa-palavra).