Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Perspectivas & Olhares na planície

Perspectivas & Olhares na planície

Bendita sejas, Parque Escolar E.P

É de extrema justiça enaltecer a enorme importância do trabalho desenvolvido pela Parque Escolar.

Nestes dias, é politicamente incorrecto defender a Parque Escolar. Gastou-se muito dinheiro? Gastou-se. Os orçamentos deveriam ter sido mais rigorosos e menos despesistas? Podiam.

A única verdade é esta: o antigo Liceu de Beja mais parecia as obras de Santa Engrácia. O mal amado programa de reabilitação e modernização das escolas secundárias foi a tábua de salvação da Escola Secundária Diogo de Gouveia e veio pôr o ponto final às constantes obras pontuais e por vezes, superficiais, dado que não atribuíam recursos financeiros suficientes para levar a cabo obras de requalificação profundas; se a escola fosse uma auto-estrada, era dinheiro que nunca mais acabava, enfim é o país que temos.

O cúmulo da estupidez chegou até à extraordinária informação de, para eles, ser monstruoso pagar as obras de requalificação das escolas até 2030. Pois, pois, como são escolas é uma catástrofe, no caso das auto-estradas, não tem importância o prazo dilatado do pagamento dos empréstimos.

Se persistem as dúvidas da mais-valia do louvado programa de modernização da rede pública de escolas secundárias trouxe para o antigo Liceu e para a cidade de Beja, seguem as fotografias comparativas:

 

ANTES

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DEPOIS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Parque Escolar

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.