Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Perspectivas & Olhares na planície

Perspectivas & Olhares na planície

Seg | 27.04.15

És VIP, ó grande coisa, eu sou VVIP!

/i.

René Magritte, A Grande Família, 1963

 

A famigerada lista VIP abriu telejornais, fez capa de vários jornais e revistas, fez cair diretores, e por isso, alguns deputados da nossa sede da democracia – os da bancada da esquerda, pois está claro – pediam a cabeça do Secretário de Estado Núncio, mas em abono da verdade pediam era as cabeças, os troncos e os membros do Governo dos “Pinóquios de Plástico”.    

Como seria de esperar, o nosso Primeiro, a nossa Ministra das Finanças das unhas pintadas de vermelho sangue de boi e o Penteadinho do Secretário de Estado, inocentemente, colocaram os factos comprovados da existência da lista VIP dentro de uma caixa com um grande laçarote – daqueles que se aplicam nas redomas de flores para os defuntos – remetida a dois destinatários: António Brigas Afonso e José Maria Pires, sem hipótese de devolução.  

 

 

Seg | 20.04.15

Diário do Alentejo: Curioso Anúncio nos Classificados....

/i.

 Diário do Alentejo: Curioso Anúncio

 Fonte: Diário do Alentejo (Edição nº. 1720 / 10 Abril 2015)

 

Nota: Será o Passos Coelho ou o Paulo Portas que estão a tratar dos seus futuros profissionais? Parece mentira, mas o anúncio de emprego resume os perfis de ambos: as suas competências / virtudes profissionais e/ou ambições / exigências para um próximo emprego...

A pessoa que arquitectou este anúncio curioso e inesperado para si, no entanto, acertou em cheio nos nossos amorosos Primeiro-Ministro e Vice-Ministro da "coisa pública" portuguesa, essa mesmo: a dita República!

Dois conselhos para a pessoa do anúncio de emprego: tem de reformular o texto do seu reclame, pois está a promover o Passos Coelho e o Paulo Portas à sua custa e assim, os nossos amorosos encontrarão emprego depois de serem expulsos à bofetada com os votos no Partido Socialista nas próximas eleições legislativas e você fica a ver navios, ou seja, sem o emprego almejado. O segundo conselho passa por pedir aos amorosos, quando pisarem o recinto da OVIBEJA, o dinheiro despendido no anúncio publicado no Diário do Alentejo e mais uns trocos de indemnização por danos morais que por lapso utilizou argumentos que em vez de o favorecer, o prejudicou dado que recebeu propostas de emprego dirigidas aos amorosos de Portugal - Passos Coelho e Paulo Portas - e nenhuma para si. Pense com carinho nestes meus conselhos...

  

Qua | 08.04.15

Aldeia da Luz: Nunca a compra dos submarinos fez tanto sentido…

/i.

Nunca se pensou que os dois submarinos que o Paulo Portas encomendou tivessem tanta utilidade. Baralhado? Não há necessidade, passo a desembaralhar com muito agrado: há umas semanas o programa Sexta às 9 da Sandra Felgueiras fez eco de uma situação insólita vivida pelos habitantes da nova Aldeia da Luz (ver reportagem aqui); estes cidadãos continuam a pagar o imposto municipal sobre imóveis, o popular IMI, dos terrenos e casas da antiga Aldeia da Luz, aquelas que ficaram submersas com a construção da Barragem de Alqueva. Senhor leitor está incrédulo? Vai ficar ainda mais, o insólito não fica por aqui, pois, as benditas casas foram sujeitas ao último processo de avaliação levado a cabo pelos Serviços das Finanças, em 2012, para a atualização do valor patrimonial das habitações/prédios urbanos. Recordando o nosso saudoso e admirável Fernando Pessa: E, esta hein?

Em boa hora o Paulo Portas decidiu comprar os ditos cujos dos submarinos, caso contrário como é que estas pessoas iam dormir para as suas casas debaixo de água? Durante o dia emergem, fazem a sua vidinha à superfície e, quando o sol se põe imergem e vão dormir às suas casas todas catitas inundadas de água, aquelas que pagam o IMI correspondente.