Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Perspectivas & Olhares na planície

Perspectivas & Olhares na planície

Qui | 04.10.12

Agencia Lusa_ medidas de austeridade de Vitor Gaspar para 2013

/p.

Vitor Gaspar anunciou esta manhã que no próximo ano os contribuintes cujos nomes comecem por B, D, M e X vão descontar 85% do seu salário para pagar a TSI (Taxa social idiota). Esta medida, inscrita no Orçamento de Estado para 2013, servirá para abater o défice.

 

O Presidente da República já comunicou ao País (via facebook) que esta medida não é completamente justa … mas não ia deixar de aprovar … até porque ele é apenas o Presidente… e ainda tem muitos likes para colocar no facebook por isso não tem tempo para defender os direitos de alguns cidadãos.

O líder do PS, António José Seguro, apressou-se a dizer que ia ordenar à sua bancada uma “abstenção” violenta na votação do mesmo Orçamento. Gaspar sorriu satisfeito.

 

Pouco depois cruzou-se no corredor com a deputada do PS Isabel Moreira e começaram os suores frios. Gaspar lembrou-se do Tribunal Constitucional…com tanta comunicação ainda não tivera tempo de substituir os juízes que ousaram defender a Constituição… era urgente fazê-lo.

 

 

Isto ainda não aconteceu mas pode acontecer qualquer dia. Vitor Gaspar (como bom neoliberal) tem alguma dificuldade em perceber o que é “igualdade nos sacrifícios”. Os meios de Comunicação Social ajudam na Campanha de Desinformação. Vejamos:

 

- O ministro disse que vai devolver um subsídio à Função Pública em 2013. Esta afirmação levou muitos a pensar que Gaspar se referia aos subsídios tirados em 2012. NÃO!!! Gaspar devolve um dos dois subsídios que irá retirar em 2013…. Aqui percebe-se que ou Gaspar não sabe português ou está a enganar os portugueses. Não podemos devolver aquilo que ainda não tirámos!!! Na verdade Gaspar anunciou que ia tirar um subsídio à Função Pública em 2013! (ou estou enganada?)

 

- Muitos dos comentadores (inclusive Marcelo Rebelo de Sousa) continuam a dizer que a Função Pública deve pagar mais porque “tem trabalho certo”. Esta informação é falsa… só seria verdade se as medidas só afetasse o pessoal efetivo e não todos (inclusive os precários) como acontece agora.

 

- É também incrível o modo como alguns jornalistas se referem ao ESTADO… como se fosse alguma coisa má… então não tem os filhos na escola… não vão ao Hospital… nunca se dirigem à Loja do Cidadão???... o Estado não são apenas Fundações criadas para os boys dos partidos. (Aqui confesso que fiquei perplexa quando li que a Fundação Casa de Mateus obteve a melhor pontuação… estive lá e até tem piada… mas cobram caro pelas entradas … os membros da família vivem numa das partes do Palácio… claramente às custas da Fundação e ainda recebem alguns milhões do Estado). É preciso também lembrar que um País com um Estado fraco é muito mais desigual… aí quem não tem dinheiro… também não é cidadão.

 

- Dá-me igualmente algumas náuseas ver como os jornalistas andam atrás de Soares dos Santos… então o homem muda a sede da empresa para a Holanda para não pagar impostos e ainda é tido como referência… fossemos todos assim e já Portugal não existia.

 

Se não podemos mudar o Governo nem a Troika… ao menos mudemos alguns desses jornalistas e comentadores… assim é impossível.